A ARS resulta de um intenso processo de troca de idéias e da organização de diversas atividades relacionadas ao desenvolvimento da revista, iniciada em meados de 2002. Seu projeto decorre da detecção, na época, de uma alarmante falta de periódicos no Brasil com foco em artes e ciências humanas, capazes de abordar e estimular o debate intelectual além das demandas e restrições impostas pelas condições da publicação comercial. ARSreflete uma ambição de contribuir para o debate sobre arte contemporânea, baseado no princípio de que os assuntos relacionados a qualquer escola de arte não devem se restringir ao campo acadêmico, mas devem promover o desenvolvimento do debate cultural fora dos limites da universidade e o exame constante das perspectivas da arte no contexto contemporâneo. Desde então, a revista se compromete desde suas primeiras edições a construir uma cultura crítica no campo da arte brasileira, promovendo o trabalho intelectual de novas gerações de pesquisas e qualificando-as para atuar na esfera pública.

A primeira edição da ARS foi lançada em março de 2003. Até 2015, era editada semestralmente pelos professores Gilbertto Prado, Sônia Salzstein e Marco Giannotti e projetada pelo professor Mario Ramiro.

A partir de 2017, a revista é publicada três vezes por ano pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da ECA-USP.

ARS é uma publicação publicada três vezes por ano pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo que reúne e divulga uma produção intelectual significativa originada dentro e fora do campo acadêmico. A revista adota uma abordagem ampla, entendida como uma exigência da própria arte contemporânea. Como resultado, o ARSvisa contribuir para o desenvolvimento de um debate cultural externo ao campo acadêmico e para o exame constante das circunstâncias e perspectivas da arte em uma perspectiva contemporânea. Ao mesmo tempo, reconhece e valoriza a importância da teoria e as contribuições oferecidas por campos de estudo anteriormente consolidados, como Filosofia, Estética e História da Arte, mesmo questionando constantemente essa tradição e identificando suas restrições ao enfrentar os desafios do contemporâneo. configuração. Paralelamente ao trabalho de artistas, críticos, historiadores da arte e estudantes de pós-graduação vinculados ao Departamento de Artes Visuais, ARS também tem interesse em promover contribuições de pesquisadores, artistas, intelectuais e outros profissionais do campo da arte que apóiem ​​práticas experimentais e pesquisas teóricas especializadas.

O ARS atualmente compreende duas versões: eletrônica (ISSN 2178-0447) e impressa (ISSN 1678-5320).

Acesse todas as resenhas de ARS publicadas a partir de 2009

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.