Rural e Urbano | UFPE | 2016

RURAL E URBANO1 Rural e Urbano

A Revista Rural-Urbano (2016-) é um periódico semestral vinculado ao Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal Rural de Pernambuco e gerida pelos grupos de pesquisas “Produção do Espaço, Metropolização e Relação Rural-Urbano” da Universidade Federal Rural de Pernambuco (GPRU/UFRPE) e “Sociedade & Natureza” da Universidade Federal de Pernambuco (Nexus/UFPE). Seu objetivo é constituir-se enquanto canal de veiculação científica da rede de pesquisadores sobre as relações rural-urbano, bem como congregar artigos, ensaios e resenhas científicas a partir da História e da Geografia, que versem sobre processos passados e atualmente existentes no espaço rural e no urbano. A revista também objetiva congregar trabalhos das áreas de História, Geografia, Sociologia, Economia, Arquitetura e Urbanismo, Planejamento Urbano e Regional, Serviço Social e Educação.

Periodicidade Semestral

Acesso livre

ISSN 2525-6092

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

Cadernos Pagu | Campinas, n.61, 2021.

 


Edição n. 61 (2021)

Artigos

Resenhas

ERRATA ERRATA

 

Ingesta | USP | 2019

Ingesta Ingesta

A Revista Ingesta (2019) é uma publicação eletrônica de periodicidade semestral, editada por alunos de pós-graduação em História Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, membros do Laboratório de Estudos Históricos das Drogas e Alimentação (LEHDA), fundado em 2016 na mesma instituição.

Nosso objetivo é publicar artigos, resenhas e dossiês temáticos (em português, inglês ou espanhol) produzidos por pós-graduandos e pesquisadores pós-graduados, que possam contribuir com o desenvolvimento dos estudos históricos sobre alimentação e drogas, em seus amplos aspectos.

Textos relacionados ao campo da História serão privilegiados, mas aqueles que abordarem a temática e estiverem relacionados a disciplinas afins, como a Antropologia, a Sociologia, a Arqueologia, entre outras, também serão considerados para avaliação do Conselho Editorial e do Conselho Científico da revista.

[Periodicidade semestral].

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

ISSN 2596-3147

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

História | UEG | 2012

Historia da UEG História

A Revista de História da UEG (2012-) é uma publicação do Programa de Pós Graduação em História da UEG (PPGHIS), Campus Morrinhos.

É um periódico de fluxo contínuo (ahead of print) que tem como objetivo publicar artigos, resenhas, notas, dossiês, entre outros, de professores e pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa de prestigio regional, nacional e internacional, preferencialmente na área da História ou áreas afins (Geografia, Teologia, Ciências Ambientais, Letras, Sociologia, Antropologia, etc), desde que tenham convergência com uma análise historiográfica das fontes e no uso de conceitos relativos ao fazer histórico.

Periodicidade semestral (duas edições anuais),

Autores que publicam nesta revista mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution.

ISSN 2316-4379

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

Pergaminho | UNIPAM | 2010

Pergaminho

A Pergaminho, em seu primeiro número (2010-), veio inicialmente substituir a revista Fazendo História que, durante muitos anos, foi o periódico discente do curso de História do Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM). Portanto, a Pergaminho nasceu por iniciativa do colegiado de curso como um espaço para divulgação de artigos científicos dos discentes e egressos dos cursos de História.

A partir de 2011, o quadro de interesses da revista ampliou-se e a Pergaminho também se tornou uma revista de estudos pedagógicos. Assim, passou a constituir-se de uma coletânea de artigos, versando sobre múltiplos temas no campo do conhecimento histórico e pedagógico, das metodologias e práticas educacionais em História e Pedagogia e do debate historiográfico.

Sua periodicidade é anual e a revista é aberta a acadêmicos das áreas de História e de Pedagogia ou de áreas afins (Sociologia, Antropologia, Ciências Políticas), de qualquer instituição. Esperamos contribuir no sentido de incentivar a pesquisa nos cursos de graduação, apontando para a necessidade dos discentes de galgar novas etapas da vida acadêmica. O alcance, a visibilidade e a agilidade de uma produção acadêmica online, além de contar com a abnegação de conselheiros indiscutivelmente credenciados, nos moveu a apostar nessa aventura.

Acesso livre

[Periodicidade anual]

ISSN 2178-7654 (Online)

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

Tiempo Histórico | UAHC | 2010

Tiempo Historico Tiempo Historico | UAHC

Revista Tiempo Histórico (TH) es una publicación semestral (junio – diciembre) de la Universidad Academia de Humanismo Cristiano. Es una revista de carácter académico, que recibe solo artículos inéditos centrados en Historia de Chile, Historia de Ibero América y en temas de orden teórico y metodológico. La publicación está abierta a recibir contribuciones tanto desde la Historia como de otras disciplinas afines a la misma, tales como: Sociología, Antropología, Arqueología e Historia del Arte.

Las contribuciones que recibe TH forman parte de las siguientes secciones:

Artículos: Se incluyen artículos originales que no estén siendo evaluados simultáneamente en otras publicaciones; avances y resultados de proyectos de investigación, ensayos críticos y discusión de fuentes históricas.

Reseñas: Las reseñas deben ser críticas y versar sobre libros pertinentes para la disciplina histórica, las ciencias sociales y humanas y que hayan sido publicados en los últimos cinco años. El equipo editorial revisa cada una de las reseñas y, de ser aprobadas, pasan al proceso de edición y diagramación.

Tiempo Histórico está dirigida a investigadores, profesionales, académicos y estudiantes de postgrado y pregrado interesados en la creación y reflexión de conocimiento histórico.

Tiempo Histórico se encuentra en los siguientes índices, bases de datos, directorios y catálogos:  DOAJ. Directory of Open Access Journals.; ERIHPlusMIARLATINDEX. Catálogo v1.0 (2002 – 2017); CLASELATINDEX. Directorio; EBSCO host; DIALNET;  BIBLATSHERPA/RoMEOFLACSO REDIVJOURNAL TOCsKYUSHU LibraryOPAC plusORBIS; EZ3AcademicKeysREDIBKANAZAWA.

Periodicidade semestral

Acesso livre

ISSN 0719-5699

Acessar resenhas

Acessar dossiês [Não publicou dossiês até 2021]

Acessar sumários

Acessar arquivos

Sociologia & Antropologia

Sociologia Antropologia

A revista Sociologia & Antropologia é publicada on-line três vezes por ano pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA) do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O objetivo da Sociologia & Antropologia é disseminar, expandir e aprimorar o conhecimento sociológico e antropológico em diferentes campos temáticos. É incentivar uma diversidade de abordagens teóricas. Como o PPGSA, o Journal reconhece as demandas contemporâneas de especialização; mas procura promover o diálogo além das fronteiras acadêmicas estritamente definidas por meio de trocas produtivas entre as distintas tradições teóricas que configuram as disciplinas da sociologia e da antropologia.

Sociologia e Antropologia, portanto, promove intercâmbios entre abordagens sociológicas e antropológicas que são simultaneamente críticas e informadas pelo entendimento mútuo. Estimula a comunicação dinâmica e o debate sobre os principais temas teóricos, empíricos, históricos e analíticos. A Revista reconhece a multiplicidade de paradigmas teóricos que permeiam o conhecimento social e favorece as oportunidades para a troca de pontos de vista convergentes e divergentes nesses diferentes campos do conhecimento. Esta é precisamente a idéia expressa pelo símbolo ‘ & ‘ que interliga as duas disciplinas no título da Revista.

Sociologia & Antropologia tem como objetivo apresentar, disseminar e debater pesquisas originais que ofereçam uma visão dos processos socioculturais no Brasil e no exterior. A Revista está aberta à colaboração de especialistas de universidades e instituições de pesquisa e publicará trabalhos novos e originais em português e inglês. A ambição da Sociologia & Antropologia , em suma, é tornar-se uma saída para uma investigação consistente de tópicos relevantes para o debate contemporâneo nas ciências sociais, contribuindo para o seu desenvolvimento.

Territórios & Fronteiras | UFMT | 2008

Territorios e Fronteiras3 Territórios

A Revista Territórios e Fronteiras (2008-) publica artigos, resenhas, entrevistas, dossiês e edições críticas de documentos relacionados, preferencialmente, à disciplina da História e aos temas associados à constituição de territórios e fronteiras na história, em suas diferentes formas, realidades e dimensões. Administrada e apoiada financeiramente pelo Programa de Pós-graduação em História da UFMT, cuja área de concentração é “História, Territórios e Fronteiras”, a revista tem por meta constituir um espaço de debates e de divulgação da produção científica vinculada a esses temas. O periódico também recebe contribuições interdisciplinares e ligadas a áreas afins, a exemplo da Sociologia, Antropologia, Educação, Geografia, Ciência Política, Relações Internacionais etc. Sua periodicidade é semestral.

À exceção dos dossiês temáticos, cuja publicação depende de abertura de chamadas lançadas nos sites da revista e do Programa de Pós-graduação em História da UFMT (www.ppghis.com), as demais contribuições são recebidas em fluxo contínuo.

Territórios e Fronteiras publica artigos de pesquisadores com título de doutor. Os artigos de doutores em coautoria com pós-graduandos serão avaliados desde que não sejam partes de dissertações ou teses finalizadas ou em andamento. Os dossiês deverão ser propostos e organizados por doutores com atuação expressiva na temática escolhida. A submissão de entrevistas e resenhas está aberta também a mestrandos e doutorandos.

Periodicidade semestral.

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

ISSN 1984-9036

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

 

História em Reflexão | UFGD | 2007

Historia em Reflexao2 2 História em Reflexão

Revista Eletrônica História em Reflexão – REHR (2007-) é uma publicação do discentes de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Grande Dourados (PPGH-UFGD).

A REHR recebe contribuições em fluxo contínuo e tem como objetivo divulgar trabalhos acadêmicos desenvolvidos na área da História que possibilitem refletir sobre o fazer histórico, bem como em suas relações com a Literatura, a Sociologia, a Antropologia, a Geografia, a Linguística, Educação, entre outros, de forma a propiciar melhor compreensão nos estudos da História e promover a interdisciplinaridade. Ademais, não privilegia uma especificidade temática, na medida em que prevê a divulgação de trabalhos originais.

A Revista Eletrônica História em Reflexão, destina-se tanto a estudantes de graduação e pós-graduação que tenham interesse nos trabalhos publicados, assim como professores de graduação e pós-graduação. Aceita trabalhos em português, inglês e espanhol sob a forma de artigos, entrevistas, resenhas de livros, comentários sobre fontes inéditas, resumos expandidos de trabalhos de conclusão de curso, dissertações e teses, textos livres produção iconográfica e audiovisual e notas breves.

A Revista Eletrônica História em Reflexão tem periodicidade semestral. Todavia, recebe artigos, entrevistas, notas prévias, resenhas, resumos de dissertações e teses e fontes inéditas em fluxo contínuo.

Revista Eletronica História em Reflexão é uma revista Open Access (acesso livre). Todo o seu conteúdo está livremente disponível sem custo para o usuário ou sua instituição. Os utilizadores  podem ler, baixar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou vincular aos textos completos dos artigos nesta revista sem solicitar permissão prévia do editor ou do autor. Esta revista está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Ao enviar seu trabalho, o interessado confirma que é o autor e possui os direitos autorais, confirma também que o conteúdo é original e anteriormente inédito e que concorda com os termos de licenciamento.

Aceso livre

Periodicidade semestral

ISSN 1981 2434

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

 

Pagu | Unicamp | 1993

Pagu3 Pagu | Unicamp | 1993

Cadernos pagu, publicação quadrimestral interdisciplinar, tem como objetivo contribuir para a ampliação e o fortalecimento do campo interdisciplinar de estudos de gênero, dando visibilidade à produção realizada no Brasil e promovendo o intercâmbio de conhecimento internacional sobre a problemática. Publica artigos inéditos com contribuições científicas originais, que colaborem para a inovação teórica, metodológica e/ou agreguem conhecimento empírico inovador, e debates em torno de textos teóricos relevantes no campo dos estudos de gênero, viabilizando, assim, a difusão de conhecimentos na área e a leitura crítica da produção internacional.

Tem publicado contribuições das seguintes áreas: Antropologia, Sociologia, História, Ciência Política, Letras e Linguística, História da Ciência, Educação. Mais recentemente, também de áreas como Direito, Psicologia, Comunicação, Saúde Coletiva e Serviço Social. Estimula a publicação de artigos de diferentes áreas disciplinares, desde que estabeleçam uma discussão com as teorias de gênero e feministas, buscando articulações entre gênero e outras diferenças (raça/etnia, cultura, classe, idade/geração, sexualidade e outras). São bem-vindas contribuições em língua portuguesa, espanhola ou inglesa.

A publicação dos cadernos pagu iniciou-se em 1993 e desde então vem contribuindo para a constituição do campo de estudos de gênero no Brasil. A revista foi criada em um momento em que os estudos de gênero já contavam com alguma legitimidade acadêmica no país e a intenção era ampliar sua visibilidade, difundindo e estimulando a produção de conhecimento na área.

A criação do cadernos pagu foi resultado de mais de dois anos de leituras, pesquisas e debates, nos quais integrantes do Núcleo de Estudos de Gênero – Pagu mapeavam os avanços na produção sobre gênero e seus impasses. O primeiro número foi inteiramente redigido por integrantes do Núcleo, cujos artigos esboçavam essas inquietações. Entre o segundo e o terceiro número, a publicação redefiniu sua política editorial e, simultaneamente, abriu para contribuições de pesquisadoras/es brasileiras/os e estrangeiras/os. Para tanto, constituiu-se um corpo de pareceristas ad-hoc e foram criados o Comitê e o Conselho Editorial. A partir do quinto número, a revista contou com financiamento externo à universidade.

De fato, há dois momentos na história da publicação, visíveis em diversos aspectos da revista, que estão ligados à obtenção do apoio de diversas agências -FAPESP, FAEPEx (Fundo de Apoio ao Ensino, à Pesquisa e à Extensão, da Unicamp) e, sobretudo, CNPq, que concedeu o apoio mais relevante em termos de recursos e de continuidade a partir de 1996. Esses financiamentos foram cruciais para o crescimento da publicação, não apenas no que se refere à melhoria da qualidade gráfica e à incorporação de maior número de textos, mas também à adequação às normas editoriais, à ampliação do Conselho Editorial, ao registro em diversos indexadores nacionais e internacionais.

Periodicidade quadrimestral

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY-NC.

ISSN 1809 4449 (Impresso)

ISSN 0104-8333 (Online)

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

Museu Paulista | USP | 1993

Anais do Museu Paulista1 Museu Paulista

Anais do Museu Paulista (1993-) vem sendo publicado desde 1922. A partir de 1993, o periódico passou a circular em nova série, com o subtítulo História e Cultura Material. Trata-se de revista acadêmica que traz à discussão temas afeitos à cultura material como mediadora de práticas sociais, bem como abordagens inovadoras sobre processos históricos e museológicos.

Em 2018, o periódico passou a operar no sistema de publicação contínua, em um único volume anual, com submissão de manuscritos tramitada exclusivamente no sistema informatizado para recebimento e gestão de manuscritos do Portal de Revistas da Universidade de São Paulo (USP).

Periodicidade anual.

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY.

ISSN 0101-4714 (Impressa)

ISSN 1982-0267 (Online)

Acessar resenhas [Postar 1993-2017 / Não publicou resenhas no período 2018-2021]

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

CEBRAP | CEBRAP | 1981

CEBRAP3 CEBRAP

Novos Estudos CEBRAP (1981) é uma publicação quadrimestral impressa e on-line do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. Destina-se à publicação de trabalhos científicos originais nas áreas de Sociologia, Política, Economia, Direito, Filosofia, Antropologia, Artes e Humanidades. O objetivo da revista é publicar estudos relevantes e contribuir para o debate intelectual com uma variedade de temas.

Periodicidade quadrimestral.

Acesso livre.

ISSN 1980-5403

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos