Um debate com jovens do Ensino Médio sobre História, memória e racismo | Ana Beatriz Accorsi Thomson e Ana Flávia Dias Zammataro

Um debate com jovens do Ensino Médio sobre História, memória e racismo | Ana Beatriz Accorsi Thomson, Ana Flávia Dias Zammataro | Revista História Hoje. São Paulo, v.10, n.19, jan./jun. 2021.

Este artigo tem como objetivo analisar as ideias históricas de alunos do Ensino Médio sobre eventos recentes de destruição de estátuas e monumentos ligados ao colonialismo e ao imperialismo, em diferentes lugares do mundo. A partir de uma atividade proposta remotamente a 44 alunos de uma escola periférica de Londrina (PR), como forma de tornar o ensino remoto mais crítico e conectado à realidade atual, analisamos qualitativamente os dados sob o âmbito teórico- -metodológico da Educação Histórica. Foi possível perceber que a maioria dos estudantes considera que a derrubada das estátuas não leva necessariamente ao combate ao racismo, sendo fundamentais outras estratégias de conscientização social. Algumas narrativas dos jovens basearam-se em relatos pessoais sobre o racismo, evidenciando ideias complexas no que se refere à discussão sobre identidade e superação de experiências traumáticas.

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.