Mais uma vez trazendo ao público uma temática específica nos estudos de cunho histórico, a Historiae edita o Dossiê “História e imprensa”, intentando apresentar variadas facetas entre a análise histórica e as práticas jornalísticas. Como um dos meios de comunicação mais eficazes na difusão de informações e opiniões, a imprensa teve e tem um papel significativo na formação dos hábitos, dos gostos, das atitudes, dos desejos e, enfim, da opinião pública, desencadeando-se a partir daí a sua relevância como fonte / objeto da pesquisa histórica. A construção do conhecimento articulada a partir da imprensa se dá através de um processo de duas vias, quer seja, de um lado os jornais influenciam a sociedade, estimulando ou construindo modos de agir e pensar, e, ao mesmo tempo, são influenciados pelo próprio entorno social, uma vez que pretendem atingir determinados interesses inerentes às demandas de leitura. Dessa forma, o desvendar das relações inter, intra e extradiscursivas constitui ponto crucial da ação dos pesquisadores que voltam suas atenções para os periódicos, numa análise indissociável não só do jornal, mas também do contexto social no qual ele foi produzido.

Nesse sentido, vários são os temas abordados no citado dossiê, como a construção de imagens caricaturais para a arte estatuária, a cultura e as representações artísticas expressas por meio da imprensa, a retórica política impressa no jornalismo, as interfaces entre a história e a imprensa literária, as relações entre intelectualidade e jornalismo, a edificação de uma identidade caricatural a um evento político, as intersecções entre história e imprensa no caso brasileiro, o jornal como forma de expressão da cultura negra e a análise da história política pelo viés do jornalismo. Além dessa seção especial, a Historiae não deixou de publicar textos atinentes a uma temática livre com estudos de caso acerca do coronelismo no Rio Grande do Sul, a importância da história comparada para a construção do conhecimento historiográfico, a relevância do sindicalismo no quadro português e brasileiro, a gênese do Estado Novo em Portugal e um enfoque acerca da colonização alemã sul-rio-grandense.

Com o dossiê “História e imprensa” e os artigos de tema livre, a Historiae – Revista de História da Universidade Federal do Rio Grande completa o seu segundo ano de edição na atual configuração e dá continuidade a sua caminhada de mais de três décadas, iniciada com uma das revistas departamentais mais antigas da FURG, mantendo-se o espírito da constante e cada vez mais ampla difusão do conhecimento acadêmico-científico de natureza histórica.

Francisco das Neves Alves – Presidente do Corpo Editorial


ALVES, Francisco das Neves. Apresentação. Historiae, Rio Grande- RS, v. 2, n. 3, 2011. Acessar publicação original [DR]

Acessar dossiê

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.