Dossiê é uma palavra de origem francesa que significa documento, documentação, ou relatório, sobre algo ou alguém. Nesta breve apresentação da Revista Cordis n. 5, jul. / dez. 2010, os nossos olhares se dirigem a uma pessoa importante nesta Instituição de Ensino Superior que é a PUC-SP: a Irmã Leda Maria Pereira Rodrigues, falecida em junho de 2010.

Foi ela a idealizadora e fundadora do Curso de Estudos Pós-Graduados em História, ainda nos anos 70. O presente dossiê é pequeno em relação ao muito que tal historiadora e freira da Congregação Agostiniana significou em vida.

Muitos desejaram escrever, poucos se atreveram, pois falar dela não é fácil. Figura dialética, que sabia ser doce e severa ao mesmo tempo, deixou saudades, exemplos e boas lembranças àqueles que com ela conviveram.

Seu falecimento foi deveras sentido, tanto no âmbito acadêmico, religioso e pessoal. Sua figura dinâmica e de vanguarda estará sempre guiando este Programa de Pós-Graduação, esta Universidade e sua Congregação.

O presente Dossiê traz uma resenha escrita pela Professora Doutora Vanessa Ribeiro Simon Cavalcanti – Conexões Históricas para Além de Uma Geografia Paulista: Educação, Gênero e Instituições –, onde analisa a Tese de Doutorado de Irmã Leda – A Instrução Feminina em São Paulo: Subsídios para uma História até a Proclamação da República.

Seus orientandos se fazem representar pelo Professor Doutor Marcelo Flório e pela Professora Doutora Maria de Lourdes Eleutério, em seus respectivos textos Aprendizagem com Afeto e Homenagem à Irmã Leda Maria Pereira Rodrigues.

O Professor Doutor Roberto Coelho Barreiro Filho foi seu amigo e companheiro de trabalho na Fundação São Paulo, mantenedora da PUC-SP, e narra sua convivência com Irmã Leda no texto Irmã Leda: Um Personagem Histórico.

Suas colegas de trabalho no Programa de Estudos Pós-Graduados em História se fazem representar pelas Professoras Doutoras Estefânia Knotz Canguçu Fraga, Luciara Silveira de Aragão e Frota e Yvone Dias Avelino, respectivamente com os textos Homenagem à Irmã Leda, A Irmã Leda que Eu Conheci e Três Personagens em Uma Só: Mulher, Religiosa e Educadora – Irmã Leda Maria Pereira Rodrigues, onde relatam convivências, agradecimentos, vidas e histórias.

A Congregação das Irmãs Agostinianas também se manifestou, trazendo um olhar religioso nas qualidades de nossa homenageada, no texto Irmã Leda Pereira Rodrigues.

O Centro de Ex-Alunos da PUC-SP, órgão criado também por nossa homenageada, deixa aqui um tributo de saudades através da figura de Regina Oliveira, atual Coordenadora do Centro (http: / / www.pucsp.br / ex-alunos / saudades_irma_leda.html): “Neste momento de saudade, na união de nossas preces, nós do Centro de Ex-Alunos da PUC-SP, queremos prestar uma homenagem à querida irmã Leda, responsável pela criação de uma política de relacionamento diferenciada entre a PUC e seus ex-alunos. […] Estamos aqui, com irmã Leda para juntos a homenagearmos, unidos num sentimento de amor maior que une todas nossas memórias, toda nossa saudade em um só coração, em um só sentimento, no universo com Deus. Lembrando uma de suas máximas favoritas: ‘Concedei-me, Senhor, que eu em ti e tu em mim, possamos sempre permanecer assim […]’.”

Será sempre lembrada e jamais esquecida, como podemos observar nas homenagens aqui prestadas pelos que tiveram a honra de conviver com tão expressiva e singular pessoa.

São Paulo- SP, dezembro de

Yvone Dias Avelino – Professora Doutora

Marcelo Flório – Professor Doutor

Editores Científicos


AVELINO, Yvone Dias; FLÓRIO, Marcelo. Apresentação. Cordis – Revista Eletrônica de História Social da Cidade, São Paulo, n. 5, jul. / dez., 2010. Acessar publicação original [DR]

Acessar dossiê [DR]

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.