No segundo número de 2016 Historiæ apresenta o dossiê “Modelos Autoritários e Totalitários do século XX” tentando compreender a Era dos Extremos sob o prisma de movimentos, partidos e grupos políticos de vieses autoritários e totalitários.

O século XX foi marcado pela expansão de modelos autoritários e totalitários que se universalizaram em praticamente todas as partes do globo. Conflitos internos em países e entre nações auxiliaram para que tais ideologias ganhassem força. Na primeira metade do século XX percebemos a expansão de modelos totalitários, principalmente no período posterior à Primeira Guerra Mundial sob a sombra da pacificação e da remodelação do mapa europeu imposta pelas potências vencedoras. Nesse terreno fértil para o surgimento de nacionalismos exacerbados, a Crise de 1929 colocou os regimes totalitários como alternativas reais aos governos democráticos burgueses no Ocidente.

O impacto deste processo foi a Segunda Guerra Mundial e o alto custo em vidas. Na segunda metade do século XX, observamos o acirramento ideológico da Guerra Fria entre dois blocos opostos – Estados Unidos e União Soviética. Desse conflito, na América Latina – zona de influência dos EUA – surgiu uma série de regimes autoritários dentro do princípio da Doutrina de Segurança Nacional que perpetraram uma série de crimes contra a humanidade dentro da lógica do terrorismo de estado. Além disso, o processo de descolonização levou a uma violenta repressão política na África e Ásia, regiões que sofreram e ainda hoje sofrem com o imperialismo.

No presente dossiê a revista Historiæ, mantendo seu espírito de universalização do conhecimento científico, reúne artigos de especialistas sobre os modelos autoritários e totalitários no século XX. O presente dossiê, por sua vez, surge em um contexto conturbado, onde a sombra do autoritarismo apresenta-se novamente no horizonte do mundo ocidental. Por essa, a difusão desse saber acadêmico torna-se ainda mais importante para que nossa sociedade possa compreender os riscos políticos, econômicos, sociais e culturais que se colocam diante de si e que a democracia possa prevalecer.

A organização do presente dossiê foi realizada pelos Professores Doutores Rodrigo Santos de Oliveira e Juarez José Rodrigues Fuão, ambos da Universidade Federal do Rio Grande.

Rodrigo Santos de Oliveira – Professor Doutor. Editor


OLIVEIRA, Rodrigo Santos de. Apresentação. Historiae, Rio Grande- RS, v. 7, n. 2, 2016. Acessar publicação original [DR]

Acessar dossiê

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.