No segundo volume de 2017 apresentamos o dossiê Mulheres, palcos e letras: evocando os 150 anos do nascimento de Mercedes Blasco. Assim, na passagem do 150º aniversário de Mercedes Blasco, pseudônimo pelo qual ficou conhecida a célebre atriz e escritora portuguesa Conceição Vitória Marques (Mina de São Domingos, concelho de Mértola, 1867 – Lisboa, 1961), a presente coletânea de estudos pretende compreender o protagonismo nos diversos “palcos da vida” desempenhado pelas mulheres no mundo, ao longo dos tempos.

No conjunto de artigos agora reunidos assinalamos ainda a passagem dos 50 anos da morte de Virgínia Victorino (1895-1967) e o 600.º aniversário de Isotta Nogarola (1418-1466) expressão da vitalidade da pena feminina. Também o centenário da revolução Russa não foi esquecido trazendo à memória a icónica Zinaida Serebriakova (1894-1967).

Sarah Bernhardt (1844-1923) e Carmen Miranda (1909-1955) são alguns dos nomes que ocuparam por diversas vezes lugares de destaque que a imprensa coeva soube registrar. Artistas conhecidas e admiradas pela sua beleza e elegância, desconhecem-se, na grande maioria das vezes, facetas não menos interessantes do seu percurso que foram preteridas face à mediatização de que foram alvo.

Foram aventureiras e pioneiras aquelas cujo arrojo tantas vezes escandalizou a sociedade da época; a título de exemplo, lembramos Amélia Earhart (1897-1937) nos Estados Unidos da América e Maria de Lourdes Braga de Sá Teixeira (1907-1984) em Portugal. Se no teatro isabelino os papéis femininos eram representados por homens, houve, desde então, toda uma “guerra” para que as mulheres pudessem alcançar a justa visibilidade. Personagens trágicas como a Severa ocupam um lugar de destaque no imaginário cultural ocidental. Que vozes ainda hoje ecoam das figuras que ousaram fazer do palco a sua tribuna? Recuperar biografias e reabilitar a memória tantas vezes obliterada da História mundial é também o propósito do dossiê que organizamos para a Historiæ.

Isabel Lousada – Doutora (Universidade Nova de Lisboa)

Rosa Fina – Doutora (Universidade Nova de Lisboa)

Fátima Mariano – Doutora (Universidade Nova de Lisboa) Organizadoras


LOUSADA, Isabel; FINA, Rosa; MARIANO, Fátima. Apresentação. Historiae, Rio Grande- RS, v. 8, n. 2, 2017. Acessar publicação original [DR]

Acessar dossiê

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.