Ao longo de mais de dois mil anos a historiografia transitou entre uma escrita e uma técnica, narrativa e autorreflexão. Esse longo percurso guardou em si projetos epistemológicos e políticos, onde tanto filosofias da história quanto “a História” foram constituídas de forma a se complementarem e até mesmo confundirem.

Nesta edição apresentamos ao público o dossiê “A História e sua Filosofia”. Organizado pelos professores Aruanã Antonio dos Passos e Wellington Lima Amorim o dossiê se propôs a construir um mosaico sobre as relações entre o saber histórico e as múltiplas possibilidades de diálogo com a filosofia. Abrindo o dossiê temos o trabalho de Delmo Mattos sobre o pensamento de Thomas Hobbes. Na sequência dois trabalhos se voltam ao pensamento de Richard Rorty. O primeiro é de Aldir Carvalho Filho onde sua análise leva e conta a dimensão da utopia em Rorty. O segundo é de Wellington Lima Amorim e Mateus Ramos Cardoso que se volta para a relação do pensamento de Rorty com o de outro grande referencial do pensamento filosófico e para a filosofia da história: G.W.F. Hegel.

A compreensão da realidade brasileira é contemplada no dossiê com dois trabalhos. O artigo de Renato Nunes Bittencourt retoma a discussão da identidade em nossa formação sociocultural, enquanto Marco Antônio de Souza e Jacqueline Oliveira Leão se concentra na relação entre violência simbólica e as relações autoritárias e sua intereferência em nossa democracia. Fechando o dossiê temos o trabalho de Leandro Hecko sobre a Hisória Antiga e os usos do passado.

Na primeira semana de novembro de 2013 realizamos na Unidade Universitária de Jussara o II Encontro de Teoria da História e Historiografia. Além do lançamento de livros, defesas de monografias e debates, tivemos a honra de receber duas conferências de alto nível em nosso evento. A primeira foi proferida pelo professor Eduardo Sugizaki e versou sobre um aspecto fundamental da obra de Michel Foccault: as possibilidades de uma contra história. A segunda conferência foi proferida pelo Prof. João Paulo Simões Vilas Bôas e abordou de forma original a relação entre fundamentalismo e terrorismo no mundo contemporâneo numa chave interpretativa nietzscheana. Aos dois pesquisadores nosso agradecimento por disponibilizarem suas conferências para serem registradas nesta edição de Expedições.

Fechando a seção de autores convidados temos a satisfação de publicar o instigante trabalho de Christian Hausser, pesquisador que vêm se dedicando aos estudos de historiografia brasileira, e, que no trabalho que publicamos, provoca de forma bastante crítica às análises correntes sobre a nossa historiografia oitocentista.

Na seção de artigos apresentados trabalhos tão heerogêneos quanto à proposta editorial de nossa revista. Prova disso são os trabalhos de Augusto Henrique Assis Resende sobre o uso político da Conjuração Mineira, de André Carlos Furtado e Cristina Ferreira sobre Sérgio Buarque de Hollanda e o modernismo, Wesley Dartagnan Salles sobre a crise açucareira da Bahia no séc. XVII, de Eduardo Gusmão Quadros que explora as possibilidades de se pensar a História da Igreja com e a partir de Michel Foucualt. E por fim, o trabalho de Michelle dos Santos versando sobre a obra televisa de Luiz Fernando Carvalho.

Fechando essa edição temos na seção Notas de Leitura o trabalho da jovem pesquisadora Juliana Vieira Marques sobre o animador da chamada Escola de Recife: Tobias Barreto e o lugar da cultura germânica em seu pensamento.

Agradecemos aos colaboradores e autores, aos leitores, estudantes, pesquisadores, divulgadores, corpo editorial, pareceristas e revisores que devotaram seu trabalho e seu tempo ao nosso periódico. A cada edição buscamos consolidar uma publicação em Teoria da História e Historiografia que seja singular em sua proposta e plural em qualidade, mesmo diante das imensas dificuldades que os periódicos acadêmicos encontram no presente.

A todos nossos sinceros agradecimentos!

Os editores


PASSOS, Aruanã Antonio dos. A História e a sua Filosofia. Revista Expedições, Morrinhos, v.4, n.2, 2013. Acessar publicação original. [DR].

Acessar dossiê

[DR]

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.