Dimensão turística no Brasil e Região Sul Oportunidades e desafios para a gestão patrimonial/Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional | 2019

Trazer à luz o tema do turismo na perspectiva do patrimônio foi um interessante desafio. O objetivo central desta edição é abordar essa relação, favorecendo uma leitura instigante tanto para aqueles que se debruçam sobre a gestão patrimonial quanto para profissionais do turismo.

No Brasil, diante das incipientes iniciativas de promoção do turismo cultural a partir do nosso acervo patrimonial, ainda se vê a necessidade de estabelecer uma aliança efetiva entre os campos da preservação e da atividade turística, de entendimentos distintos. Busca-se, assim, construir parâmetros comuns que orientem o setor, potencializando dinâmicas que articulem aspectos econômicos, sociais, territoriais e culturais, de modo a resultar em uma experiência agradável, prazerosa e enriquecedora para o visitante, sem provocar danos no bem preservado. Leia Mais

Reflexões sobre o turismo e o desenvolvimento socioespacial / Ponta de Lança/2016

Entendendo o turismo como uma prática social da atualidade, não podemos relacioná-lo apenas como uma alternativa para alavancar o desenvolvimento econômico. As repercussões geradas a partir de sua expansão implicam em mudanças comportamentais dos vários planos da vida cotidiana, tanto no que diz respeito à (in) formalidade laboral, quanto ao cultivo das novas experiências de convivências com a economia do turismo, uma vez que imprimem novos ritmos e tempos aos lugares.

Num momento em que a humanidade experimenta as transformações nas relações de produção e consumo, mediados cada vez mais pelos meios técnicos e informacionais, os sistemas de objetos da comunicação e informação (Mobile Internet) são reveladores da emergência de novos paradigmas, de novas relações de poder e experiências na escala humana que transcendem aspectos das culturas e lógicas pautadas da exploração de meros objetos, como paisagens e lugares de contemplação. Leia Mais