Avaliação Educacional

Bem-vindos

Colegas, bom dia!

Sejam bem-vindos ao curso de “Avaliação Educacional”. Espero que todos estejam com saúde e assim permaneçam durante o curso.

Para evitar quebra de expectativas com o nosso curso, antecipo essa minuta do programa, informando o que a Universidade (o professor) vai oferecer a vocês e o que a Universidade (o professor) está esperando de vocês.

Para os que já foram meus alunos nos últimos dois anos, o texto que se segue não apresenta novidades. Para os mais recentes, pode resultar em algum estranhamento e/ou desconforto. Por isso, peço que leiam com atenção e se certifiquem de querem mesmo seguir este curso e com o atual professor.

Essa mensagem também cumpre outra função. Gostaria de transformar o primeiro dia de encontro em lugar de aprendizagem efetiva, ao contrário de uma situação de explicitação de programas. A vida universitária é muito cara, para vocês e para os contribuintes. Vamos usar o tempo da melhor forma possível.

Até breve

Itamar Freitas.

A natureza metodológica do curso

O curso é estruturado em 60 horas de encontros 20 horas de atividades em equipe. Trata-se de um empreendimento estruturado em métodos ativos de ensino-aprendizagem. Isso significa que, praticamente, NÃO HÁ aulas expositivas do professor. NÃO HÁ coisas a serem ouvidas ou vistas em exposição oral. NÃO HÁ aulas/textos/atividades de recuperação para os que faltam às atividades. Todo o trabalho de aluno é feito em equipe e todos os materiais necessários ao desenvolvimento do curso estarão disponíveis no primeiro dia semestre letivo. Os encontros são momentos para a discussão e a experimentação, abertos a erros e acertos e à comunicação do não saber, por parte dos alunos, inclusive. O curso, portanto, é mediado por estratégias comuns à “Sala de aula invertida” à “Aprendizagem por projetos” e à “aprendizagem por pares e/ou trios”.

Pré-requisitos para a permanência no curso

Da parte de vocês, espero que estejam predispostos a trabalhar em equipe, já no primeiro encontro (trios), fazer pesquisa bibliográfica, leituras e produção de textos, discutir tais produções com o professor e com a turma e, por fim, submeterem-se à avaliação (inclusive com nota válida para a obtenção dos créditos) pelos colegas.

Comprometimentos do professor do curso

Da minha parte, garanto a oferta de literatura especializada e atualizada sobre a matéria do curso (contida no programa e nos anexos), base de dados especializada para as buscas (blog Resenha Crítica organizado pelo professor), espaço virtual de interação, quando necessário (meet, conta pessoal do professor), modelos de gêneros textuais (modelo de resenha, modelo de resumo, modelo de pré-projeto de avaliação, modelo de revisão da literatura produzidos pelo professor), modelo de itens de prova e modelos de prova produzidos pelo professor), formulários de avaliação da atividade dos trios (produzidos pelo professor) e equacionamento de dúvidas sobre o cumprimento das tarefas (sob a mediação do professor).

Produtos desenvolvidos pelos alunos durante o curso

De modo objetivo, o curso prescreve a construção de três produtos em trio: uma sequência didática, construída a partir de demandas familiares aos alunos em estágio de ensino e disponibilizada aos colegas em quatro semanas; uma proposta de avaliação da aprendizagem originada de um problema real, detectado pelo trio, relacionado às competências profissionais dos licenciados em Pedagogia requeridas ao trabalho com a Educação Infantil (O Eu, o outro e nós”, “Corpo, gestos e movimentos”, “Traços, sons cores e formas”, “Fala, pensamento e imaginação”, “Quantidades, relações e transformações”), construída e disponibilizada aos colegas em cinco semanas;  uma proposta de avaliação da aprendizagem originada de um problema real, detectado pelo trio, relacionado às competências profissionais dos licenciados em Pedagogia requeridas ao trabalho com o ensino dos Anos Iniciais (aprendizagem de leitura e escrita, letramento histórico, letramento geográfico, letramento matemático e letramento em ciências), construída e disponibilizada aos colegas em cinco semanas.

Avaliação e notas

Os três produtos serão submetidos à avaliação do professor e da turma. A avaliação do professor é formativa e continuada e a avaliação dos alunos será somativa. As notas totais atribuídas a cada produto variam de 0 a 10 e seguem para o sistema acadêmico.

As avaliações dos produtos são do tipo colaborativo (coavaliação), ou seja, cada trio vai avaliar o trabalho de todos os outros trios, mediante formulário fornecido pelo professor, preenchido em datas previamente acordadas e a nota parcial (relativa ao produto) do trio resultará da média simples de todas as notas emitidas pela turma.


Carminha

UNIDADE 1 – PROBLEMAS DE APRENDIZAGEM

Objetivo desta unidade é revisar as habilidades de problematização da realidade, investigação sobre o conhecimento acadêmico relativo a demandas sociais reais e auxiliar à resolução de problemas reais de avaliação da aprendizagem na Educação Infantil e no Ensino Fundamental.

Espero que, ao final da unidade, vocês sejam capazes de produzir sequências didáticas destinadas ao ensino/aprendizagem na Educação Infantil e ao Ensino Fundamental a partir de um problema apresentado pelo professor.

Encontro 1 – Avaliação da aprendizagem na Educação Infantil: conceitos e procedimentos básicos

  • Atividade do professor: exposição e discussão sobre conceitos básicos da avaliação da aprendizagem para a Educação Infantil
  • Atividade dos alunos: leitura e fichamento por resumo / produção de três expectativas de aprendizagem

Encontro 2 – Avaliação da aprendizagem no Ensino Fundamental: conceitos e procedimentos básicos

  • Atividade do professor: exposição e discussão sobre conceitos básicos da avaliação da aprendizagem para o Ensino Fundamental
  • Atividade dos alunos: leitura e fichamento por resumo / produção de três expectativas de aprendizagem para o Ensino Fundamental

Encontro 3 – Sequências didáticas para a Educação Infantil

  • Atividade do professor: exposição e discussão sobre estrutura de sequências didáticas
  • Atividade dos alunos: construção de uma sequência didática para a Educação Infantil a partir de problema de aprendizagem apresentado pelo professor

Encontro 4 – Sequências didáticas

  • Atividade do professor: exposição e discussão sobre estrutura de sequências didáticas
  • Atividade dos alunos: construção de uma sequência didática para o Ensino Fundamental a partir de problema de aprendizagem apresentado pelo professor

Encontro 5 – Avaliação colaborativa das sequências didáticas para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental.

  • Poste aqui as suas sequências didáticas
  • Avalie aqui as sequências didáticas dos colegas

UNIDADE II – AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Objetivo desta unidade é produzir instrumentos de avaliação para a resolução de problemas reais de aprendizagem na Educação Infantil.

Espero que ao final desta unidade vocês sejam capazes de produzir uma proposta de avaliação da aprendizagem a partir da sequência didática planejada na Unidade 1, levando em conta as demandas da Educação Infantil. (O Eu, o outro e nós”, “Corpo, gestos e movimentos”, “Traços, sons cores e formas”, “Fala, pensamento e imaginação”, “Quantidades, relações e transformações”).

Texto básico:

  • “Construindo instrumentos de avaliação para a Educação Infantil”, de Itamar Freitas e Margarida Oliveira. Acesse o texto aqui.

Encontro 6 – Planejamento de instrumentos de avaliação para a Educação Infantil

  • Atividade do professor: apresentar um problema de aprendizagem e monitorar o planejamento do instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: planejar ação e instrumento de avaliação para a Educação infantil a partir de um problema de aprendizagem apresentado pelo professor.

Encontro 7 – Planejamento de instrumentos de avaliação para a Educação Infantil

  • Atividade do professor: apresentar um problema de aprendizagem e monitorar o planejamento do instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: planejar ação e instrumento de avaliação para a Educação infantil a partir de um problema de aprendizagem apresentado pelo professor.

Encontro 8 – Construção de instrumentos de avaliação para a Educação Infantil

  • Atividade do professor: monitorar a construção de instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: construir instrumentos de avaliação para a Educação infantil a partir do plano executado nos primeiros encontros da Unidade II.

Encontro 9 – Construção de instrumentos de avaliação para a Educação Infantil

  • Atividade do professor: monitorar a construção de instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: construir instrumentos de avaliação para a Educação infantil a partir do plano executado nos primeiros encontros da Unidade II.

Encontro 10 – Avaliação colaborativa dos instrumentos de avaliação para a Educação Infantil.

  • Poste aqui os seus instrumentos de avaliação da aprendizagem.
  • Avalie aqui os instrumentos de avaliação da aprendizagem produzidos pelos colegas.

UNIDADE III – AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL

Objetivo desta unidade é produzir instrumentos de avaliação para a resolução de problemas reais de aprendizagem no Ensino Fundamental.

Espero que ao final desta unidade vocês sejam capazes de produzir uma proposta de avaliação da aprendizagem a partir da sequência didática planejada na Unidade 1, levando em conta as demandas do Ensino Fundamental (aprendizagem de leitura e escrita, letramento histórico, letramento geográfico, letramento matemático e letramento em ciências).

Texto básico:

  • “Construindo instrumentos de avaliação para o Ensino Fundamental”, de Itamar Freitas e Margarida Oliveira. Acesse o texto aqui.

Encontro 11 – Planejamento de instrumentos de avaliação para a Ensino Fundamental

  • Atividade do professor: apresentar um problema de aprendizagem e monitorar o planejamento do instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: planejar ação e instrumento de avaliação para o Ensino Fundamental a partir de um problema de aprendizagem apresentado pelo professor.

Encontro 12 – Planejamento de instrumentos de avaliação para o Ensino Fundamental.

  • Atividade do professor: apresentar um problema de aprendizagem e monitorar o planejamento do instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: planejar ação e instrumento de avaliação para o Ensino Fundamental a partir de um problema de aprendizagem apresentado pelo professor.

Encontro 13 – Construção de instrumentos de avaliação para o Ensino Fundamental.

  • Atividade do professor: monitorar a construção de instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: construir instrumentos de avaliação para o Ensino Fundamental a partir do plano executado nos primeiros encontros da Unidade II.

Encontro 14 – Construção de instrumentos de avaliação para o Ensino Fundamental.

  • Atividade do professor: monitorar a construção de instrumento de avaliação.
  • Atividade dos alunos: construir instrumentos de avaliação para o Ensino Fundamental a partir do plano executado nos primeiros encontros da Unidade II.

Encontro 15 – Avaliação colaborativa dos instrumentos de avaliação para o Ensino Fundamental.

  • Poste aqui os seus instrumentos de avaliação da aprendizagem.
  • Avalie aqui os instrumentos de avaliação da aprendizagem produzidos pelos colegas.

Obs. Neste planejamento, já estão contabilizados três semas extras: a semana de acolhimento, o encontro de encerramento do curso e uma semana para eventuais eventos acadêmicos planejados pelo Departamento de Educação.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.