HAWÒ | UFG | 2019

Hawo Hawò

Hawò (2019-) é uma revista científica, publicada na versão eletrônica pelo Museu Antropológico da Universidade Federal de GoiásTem como objetivo fomentar e divulgar a produção científica realizadas por pesquisadores de instituições reconhecidas, nacional e internacionalmente, que venham contribuir para a geração, preservação e difusão de novos conhecimentos nas áreas relacionadas à Antropologia Social e Cultural, Antropologia Biológica, Arqueologia, Etnolingúistica, Museologia, Arte e Cultura Popular, Patrimônio Cultural, Educação e Etno-História, em seu caráter interdisciplinar.

A revista Hawò, desde sua criação, adotou a modalidade anual de publicação contínua. Essa modalidade permite a publicação dos artigos conforme sua aprovação, agilizando assim  o processo de comunicação e divulgação das pesquisas. Não há fascículos ou periodicidade definidas.

A revista Hawò oferece acesso online e aberto a todo o seu conteúdo, o que significa que todos os artigos estão disponíveis na internet para todos os usuários após sua publicação, sendo os autores responsáveis pelo conteúdo de seus artigos. Segue o princípio de disponibilizar gratuitamente as informações científicas ao público, de forma a contribuir com maior democratização ao conhecimento.

Acesso livre

Periodicidade contínua

ISSN  2675-4142

Acessar resenha

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

Amazônica | UFPA | 2009

Amazonica Revista de Antropologia da UFPA Amazônica | UFPA

Amazônica  – Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará (2009) é um periódico científico internacional, voltado a promover o debate, a construção do conhecimento e a veiculação de resultados de pesquisas científicas relativas às populações nativas da região Amazônica, nos quatro campos da antropologia.

Amazônica pretende ser um fórum de debates para integrar cientistas que atuam nos diversos países amazônicos, de forma a romper as barreiras nacionais que têm mantido suas produções científicas isoladas e dificultado o diálogo.

Incentiva-se a publicação de artigos de cunho transdisciplinar e resultados de pesquisas que envolvam equipes interinstitucionais e transnacionais.

São também aceitos trabalhos que, ainda que não versem sobre sociedades amazônicas, tenham importância inequívoca para o avanço do conhecimento científico sobre a região.

Uma vez que essa é uma revista transdisciplinar e transnacional, os autores deverão ser capazes de expor suas idéias de forma compreensível para cientistas das diversas nacionalidades e das diversas disciplinas que estudam a diversidade e variabilidade da experiência humana.

São aceitos artigos em português, inglês, espanhol e francês. A revista publica artigos originais inéditos, relatórios de pesquisa, notícias de pesquisas em andamento, resenhas, traduções, resumos de teses e ensaios fotográficos.

Periodicidade: Semestral, publicada em março e setembro.

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

ISSN 2176-0675 (Online)

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acessar sumários

Acessar arquivos

Antropologia Social/Cultural., Arqueologia., Linguística., Antropologia Física/Biológica.

Chungara | UT | 1972

Chungara Chungara | UT | 1972

Chungara Revista de Antropología Chilena (1972), es publicada por el Departamento de Antropología, de la Universidad de Tarapacá, Arica, Chile.

Su objetivo principal es difundir estudios originales, empíricos o teóricos, en distintos campos de la antropología y ciencias afines entre los que se incluyen antropología social o cultural, arqueología, bioarqueología, etnobotánica, etnohistoria, geografía, historia, lingüística, paleoecología, semiótica, zooarqueología, museología y patrimonio.

La revista tiene como foco geográfico a la región andina de Sudamérica, sin embargo, se aceptan manuscritos de otras áreas geográficas con aportes teóricos y metodológicos compatibles a las temáticas de la revista con fines comparativos. En este ámbito, las contribuciones tanto teóricas como empíricas deben contribuir a la comprensión, replanteo y generación de problemas en las distintas disciplinas de la antropología y ciencias afines.

La estructura editorial de la revista incluye las siguientes secciones: Editorial, Artículos Científicos inéditos, Debates, Reseñas de Libros, Entrevistas, Homenajes y Obituarios.

Fue fundada en noviembre de 1972 por el Departamento de Antropología de la Universidad del Norte, sede Arica (actualmente Universidad de Tarapacá) y desde esa fecha se ha venido publicando sistemáticamente.

La versión impresa de Chungara, ISSN 0716-1182, se publicó entre los años 1972-2014 y entre 2015-2017 con tiraje limitado. A partir del 2018 solo se publica la versión en línea ISSN 0717-7356. A partir de 2012 se publica trimestralmente.

Chungara Revista de Antropología Chilena debe ser usado, en bibliografías, notas al pie de página, leyendas y referencias bibliográficas.

Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo unLicencia Creative Commons

ISSN 0717-7356 versión en línea
ISSN 0716-1182 versión impresa

Acessar resenhas

Acessar dossiês

Acesar sumários

Acessar arquivos

antropología social o cultural, arqueología, bioarqueología, etnobotánica, etnohistoria, geografía, historia, lingüística, paleoecología, semiótica, zooarqueología, museología y patrimonio.

Antropologia., Antropologia Cultural., Antropologia Social., Arqueologia., Bioarqueologia., Etnobotânica., Etnohistória., Geografia., História., Linguística., Paleoecologia., Semiótica., Zooarqueologia., Museologia., Patrimônio